Taxa básica de juros deve ter novo crescimento nesta quarta (29)

O Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central define nesta quarta-feira (29) a Selic, a taxa básica de juros.

O mercado espera uma alta de 0,5 ponto percentual, o que faria com que a Selic subisse dos atuais 13,75% para 14,25% ao ano, segundo o Boletim Focus, uma publicação do BC que organiza as projeções das principais instituições financeiras do país.

Se a projeção se concretizar, será o sétimo aumento seguido da taxa de juros.

1e50fd2ca8994004313b84416b2bbf23

Juros X inflação

O novo governo de Dilma Rousseff (PT) vem adotando medidas impopulares, como aumento de impostos e juros, e cortes de despesas, com o objetivo de acertar as contas federais.

Uma das maiores críticas a Dilma tem sido a economia, incluindo a inflação em alta. Os juros são usados, entre outras coisas, para tentar controlar a inflação. O governo tenta ajustar suas contas para recuperar a confiança do mercado.

Selic e o juro cobrado do consumidor
A Selic é uma taxa de referência e remunera investimentos com títulos públicos, por exemplo.

Não representa os juros cobrados dos consumidores, que são muito mais altos.

A taxa de juros do rotativo do cartão de crédito atingiu 232% ao ano em maio, segundo os últimos dados do Banco Central.

Fonte: Uol

Banco do Brasil vai financiar até 90% do valor da casa própria

O Banco do Brasil passou a oferecer uma nova linha de crédito para compra da casa própria. O banco financia até 90% do valor do imóvel novo ou usado (para imóveis de até R$ 400 mil), em até 30 anos, com taxa de juros de 9% ao ano.

A linha, chamada de Pró-cotista, usa recursos do Programa Especial de Crédito Habitacional ao Cotista do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). A estimativa do banco é disponibilizar cerca R$ 1 bilhão para novas operações.

Esse tipo de financiamento só está disponível para quem tem conta ativa no FGTS e um mínimo de 36 contribuições ao fundo, seguidas ou não. Se não tiver conta ativa no FGTS, é preciso que seu saldo total no fundo seja igual ou maior que 10% do valor do imóvel ou da escritura, o que for maior.

O Banco do Brasil identificou 2,2 milhões de clientes que reúnem condições para se habilitar ao financiamento imobiliário por essa linha. A carteira de crédito imobiliário do Banco do Brasil atingiu, em abril, R$ 42,06 bilhões, crescimento de 45,9% em 12 meses.

FORTALEZA, CE, BRASIL, 23-12-2014: Unidades habitacionais do residencial Cidade Jardim, no José Walter. Entrega das unidades habitacionais do residencial Cidade Jardim, do programa Minha Casa, Minha Vida, no José Walter. (Foto: Evilázio Bezerra/O POVO)
Linha de crédito é destinada a financiar imóveis até R$ 400 mil

Investimento

As condições desse tipo de crédito foram definidas em maio pelo Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Na época, a medida autorizou o Ministério das Cidades a remanejar recursos do orçamento do FGTS, que este ano chega a R$ 63,9 bilhões, para financiamento da construção de imóveis cujo valor supere o teto atual de R$ 190 mil.

O conselho também autorizou que o Comitê de Investimento analise aporte de R$ 10 bilhões para operações do Fundo de Investimento do FGTS (FI-FGTS) em projetos financiados pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O banco vai oferecer uma carteira de R$ 25 bilhões em projetos a serem avaliados pelo Comitê de Investimento do FGTS, que indicará onde os recursos serão aplicados. O investimento será feito em empreendimentos novos em todo o território nacional.

Crédito

Obter um financiamento imobiliário ficou mais difícil nos últimos meses no Brasil. Ainda em abril, a Caixa Econômica Federal restringiu o financiamento de imóveis usados. Antes, o banco financiava até 80% do preço de um imóvel usado de até R$ 750 mil,. Agora o financiamento caiu para 50%.

 Os juros também seguiram o aumento. A Caixa aumentou esse ano duas vezes os juros. O BB seguiu o mesmo caminho em maio. Com a decisão do Conselho Curador do FGTS, a intenção é reaquecer o mercado e manter financiamentos. (com agências)

Empresas devem ficar atentas aos regimes tributários

O desejo de se tornar dono do próprio negócio é uma das metas mais almejadas pelos brasileiros nos últimos anos. A trajetória, muitas vezes, inicia-se através de pequenos empreendimentos que com o crescimento econômico e notoriedade no mercado acaba se transformando em médias e grandes empresas. No Piauí, segundo dados da Junta Comercial do Estado do Piauí (Jucepi), cerca de 50% dos microempreendedores individuais (MEI) pediram o desenquadramento do MEI devido ao faturamento anual ter ultrapassado os R$ 60.000.

O crescimento dos empreendimentos, no entanto, em muitos casos, não é acompanhado de uma profissionalização das empresas que desconhecem procedimentos importantes para o desenvolvimento, como os regimes tributários.

Atualmente, existe o regime simples, presumido e real. Empresas iniciantes ou que faturam mensalmente até R$ 50.000 podem usufruir do método simples que se caracteriza por uma sistemática de recolhimento mais básica.

O presumido tem um método mais complexo e que exige maior organização.  Este regime é o usado por empresas que faturam mais de R$ 300.000, no entanto, empresas com faturamento menores também podem se enquadrar.

Dr_Leonardo

As grandes empresas que possuem um faturamento maior que R$ 2 milhões devem usar o método real. “O regime real possui uma complexidade bem maior que as outras formas, mais trabalhosa e complexa, porém, as vantagens também são diferenciadas, pois existe um abatimento relevante em tributos pagos na aquisição de matérias primas e serviços”, analisou o especialista em Direito Tributário Leonardo Aírton Soares.

O sucesso de pequenas, médias e grandes empresas depende de uma série de fatores que incluem planejamento, capital, mão de obra e mercado, logo, fazer um planejamento tributário acaba se tornando um elemento fundamental para o êxito dos negócios.

Uma consultoria de especialistas em Direito Tributário e contadores é uma forma de iniciar esse processo. Por meio destes profissionais é possível determinar qual o regime tributário se encaixa melhor ao perfil da empresa seguindo, por exemplo, o volume de faturamento e número de funcionários.

Situação no Brasil é como ‘filme de terror sem fim e vai piorar’, diz jornal

No texto, intitulado “Recessão e corrupção: a podridão crescente no Brasil”, o principal diário de economia e finanças da Grã-Bretanha diz que “incompetência, arrogância e corrupção quebraram a magia” do país, que poderá enfrentar “tempos mais difíceis.” Continue lendo “Situação no Brasil é como ‘filme de terror sem fim e vai piorar’, diz jornal”

Construção civil demitiu cerca de três mil nos primeiros meses de 2015 no Piauí

A construção civil, setor da indústria que mais emprega no Piauí, demitiu somente nos primeiros quatro meses de 2015 cerca de três mil colaboradores. A informação foi dada nesta terça-feira (14) pelo diretor da Federação das Indústrias do Piauí (Fiepi), Freitas Neto, durante entrevista ao Bom Dia Piauí. Continue lendo “Construção civil demitiu cerca de três mil nos primeiros meses de 2015 no Piauí”

Zona do Euro fecha acordo para tentar resgatar Grécia da crise

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, anunciou nesta segunda-feira que os líderes da zona do euro fecharam “um acordo unânime” para iniciar as negociações para o terceiro resgate em favor da Grécia.

Tusk, em mensagem na rede social Twitter, assinalou que “tudo está preparado para levar o Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE) para a Grécia, com sérias reformas e apoio financeiro”.

“Acertamos em princípio que estamos preparados para começar as negociações para levar um programa ao Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE), o que em outras palavras significa continuar o apoio à Grécia”, disse Tusk em entrevista coletiva após reunião do organismo em Bruxelas.

ueFoto: Virginia Mayo / AP Photo

Antes do início da reunião, a chanceler alemã Angela Merkel disse que “não haveria um acordo a qualquer custo”. Já o presidente francês François Hollande afirmou que estava em jogo “nossa concepção de Europa”.

No esboço feito pelos ministros, que seria utilizado como base pelos líderes, havia um caminho frágil para um entendimento. O primeiro passo seria o governo grego aprovar reformas importantes até quarta-feira.

Essas reformas seriam precondições para negociações de um terceiro pacote de ajuda à Grécia, o que impediria o país de dar o calote e deixar a moeda única.

Com a deterioração da economia grega, os ministros europeus estimam que a Grécia precisa de mais € 86 bilhões (cerca de R$ 341 bi), sendo € 10 bilhões imediatamente.

No dia 20 de julho, os gregos tem que pagar € 4,2 bilhões de juros para o Banco Central Europeu.

Só a reestruturação do sistema bancário custaria entre € 10 bilhões e € 25 bilhões. Há duas semanas, os bancos gregos estão fechados com os saques limitados.

Fonte: Folha de S.Paulo

Dilma lança plano para reduzir salários e jornada de trabalho

O governo anunciou nesta segunda-feira, 6, um plano para evitar novas demissões na indústria, uma tentativa clara de interromper o aumento do nível de demissões do País e de evitar que a popularidade da presidente continue derretendo. A equipe de Dilma Rousseff propôs que a jornada de trabalho e os salários dos empregados sejam reduzidos em até 30% em momentos de crise ou de queda expressiva de produção, como o que ocorre agora nos setores automobilístico e químico. Para o empregado, no entanto, o salário será cortado em até 15%, porque haverá uma complementação com os recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Continue lendo “Dilma lança plano para reduzir salários e jornada de trabalho”

Emprego na indústria cai 0,9% em maio e 5,6% em um ano, segundo CNI

O emprego na indústria caiu 0,9% em maio, na comparação com abril, segundo pesquisa de indicadores industriais da CNI (Confederação Nacional da Indústria), divulgada nesta quinta-feira (2). Na comparação com maio do ano passado, a queda foi de 5,6%. Continue lendo “Emprego na indústria cai 0,9% em maio e 5,6% em um ano, segundo CNI”

Vende-se loja de bijuterias e acessórios em Campo Maior

Está a fim de abrir seu próprio negócio? Pois aproveite esta oportunidade. Compre agora mesmo uma loja de bijuterias e acessórios em geral em Campo Maior e faça um ótimo investimento .

A loja fica situada na Rua Siqueira Campos no Edifício Coronel Chico Alves, sala 15. Para mais informações é só entrar em contato através do telefone (86) 8180-7677 e falar com Maria de Lurdes.

biju biju1 biju2 biju3 biju4 biju5 biju6 biju7 biju8 biju9 biju10 biju11 biju12