Natural do Piauí: Garçonete é estrangulada pelo namorado em São Paulo

A garçonete Maria Janieri de Oliveira Alexandria, 30 anos, foi estrangulada e morta pelo namorado identificado apenas como Alan, 25 anos, na madrugada deste domingo (31).

A jovem era natural do município de Pedro II, a 195 km de Teresina, e havia se mudado para o Jardim Ângela, região sul da cidade de São Paulo, em fevereiro deste ano.

De acordo com a família, o acusado estrangulou a vítima com um “mata-leão”, um golpe de estrangulamento usado nas artes marciais pelas costas do oponente. Após matar a namorada, o acusado se entregou a polícia alegando que cometeu o crime para se defender.

Segundo a irmã da vítima, Janieri havia saído do Piauí após o fim do relacionamento de 14 anos com o ex-marido. “Ela conheceu o Alan há cerca de seis meses, assim quando ela terminou o casamento e foi para São Paulo porque o ex não gostou do relacionamento dos dois”, diz Jaira Oliveira.

A irmã relembra ainda que a família não aceitava o relacionamento com o jovem devido a atitudes agressivas. “Ela foi embora de Pedro II e tempo depois ele foi atras dela. Eles se conheceram ainda quando o Alan foi desmontar os móveis da casa dela aqui e a partir de então os dois trocaram telefones. Ela nunca chegou a me contar nada, mas o que a gente sabe é que ele era muito ciumento. Inclusive, uma ex-namorada dele nos disse que terminou porque o Alan era agressivo”, reitera.

Jaira explica que em São Paulo, Janieri morava com uma outra irmã e foi assassinada no mesmo dia em que havia se mudado para casa onde tinha planos de morar com o acusado. “Minha irmã assim que pegou as chaves ligou para ele dizendo que queria passar a primeira noite a dois na nova casa”, reitera.

O corpo de Maria Janieri de Oliveira está previsto para chegar ao Piauí nesta segunda-feira (01), e será velado na casa da família localizada no centro de Pedro II. A garçonete deixa filhas gêmeas de 11 anos.

Fonte: cidadeverde.com

Os comentários estão desativados.