Curta a nossa página
 
19/02 12h45 2021 Você está aqui: Home / Penso, logo escrevo Weslley Paz weslleypaz@gmail.com

Luís Carlos manda indireta para JF: ‘Não podemos ficar olhando para o retrovisor’

O Secretário de Educação de Campo Maior, ex-policial Luís Carlos, disse hoje, 19/02, durante evento de lançamento do edital de matriculas da escola cívico militar que é preciso seguir em frente sem ficar olhando para o retrovisor. “Não podemos ficar olhando para o retrovisor, não podemos ficar com caça às bruxas, não! Precisamos seguir em frente”, alfinetou.

A fala do ex-policial vem de encontro com os discursos do atual prefeito, JF, que em todas as oportunidades que tem de pegar num microfone faz ameaças e deixa claro que sua nova gestão será focada em vingança e perseguição àqueles que lhe derrotaram no passado. No dia da sua posse, inclusive, ele disse: "Vocês me conheceram como oposição, agora vão me conhecer como gestão", disse em tom de ameaça aos seus adversários. Segundo ele, é questão de honra achar algum erro para incriminar seus algoz.

Um dos primeiros atos de sua irmã, Rosário Félix, conhecida como "Rosarona", que ocupa a secretria de administração, foi contratar um escritório de advocacia para fazer auditoria nas contas da prefeitura. Ela teria dito a funcionários da prefeitura a seguinte frase: "agora eles me pagam".

JF foi eleito com o discurso de esperança em fazer 5 mil casas, universalizar o calçamento em todos os bairros e zerar a conta de água para quem mora na zona rural. Até o momento, está só no discurso. Inclusive, sobre a tarifa de água para zona rural ele agora está alegando que a lei não permite zerar.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.